terça-feira, 5 de maio de 2009

"O Coração tem razões que a própria razão desconhece."



Não sei  se o que sinto é amor!


Tudo que sei, é que sinto meu coração bater forte.

Um aperto no peito, se é amor eu não sei... 
Só sei, que sinto algo que me deixa assim:
Faltando um pedaço em mim...



Dizem que no coração ninguém manda, que este tem razões que a própria razão desconhece.
Quando  coração  perde suas rédeas, esse sai "desembestado, enfiando os pés pelas mãos". A gente senti o coração arder, se contorcer dentro do peito, chora e soluça em segredo.

Torna-se tão frágil...

Derrete mais que algodão doce em tempo de chuva...

Chora de saudade, sangra-se em lágrimas!

By Leu



Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência, não pensar...

Fernando Pessoa






















TE AMO

(Wanderleia)

Quisera ter
A coragem de dizer
Como é grande o meu amor
Mas não sei o que acontece
Minha voz desaparece
Quando a seu lado estou
Eu procuro ir disfarçando
É sorrindo ou cantando
Mas por dentro eu estou
Chorando
Nem mesmo o céu
Que a todos faz sonhar
Não consegue me inspirar
Eu só sei que estou sofrendo
Pouco a pouco vou morrendo
Só por não saber falar
E sozinha eu te chamo
Bem baixinho eu reclamo
Que vontade de dizer
Te amo...


video





7 comentários:

  1. ...em mim existem várias formas de amar,mas é fato que sempre que "amo",me sinto com um bebê dando seus primeiros passos...Munik

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por comentar. Isto me faz acreditar que não escrevo em vão.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. O amor é um sentimento maravilhoso, porém, muitas vezes pode ser destruidor!!!!! Margô Rossi

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do seu blog.

    A música da Wanderlea é linda.

    Abraço, Raquel

    ResponderExcluir
  5. obrigado a todos pela visita.
    Fiquem com Deus! Bjs

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Leu...Adorei o seu blog e as postagens...Parabéns pela iniciativa de trazer a nós "sutilezas de um coração" que ama, sabendo o que ama e como ama...!!!
    No entanto, não acho que Blaise Pascal se referia a esse amor, entre homem e mulher, ou outro tipo de amor quando nos citou esta frase que o "romantismo" humano distorceu...Ele, o coração nunca perde as rédeas, e sim a razão humana que tenta encontrar um culpado e dá culpa a ele...!!!!
    O gostoso da filosofia e da exposição de idéias é justamente este, levá-las à discussão, à sua dissecação até que se encontre um pensamento que, se não agrada a todos, torna-se comum...!!!
    Abraços!!!!

    ResponderExcluir

"Ler é um risco...Comentar é preciso!"